quinta-feira, 26 de maio de 2016

NAM(ORAR) !

               Eu não sei se você percebeu, mais no meio da palavra "NAMORAR" tem "ORAR", e eu te garanto, não foi por acaso, não é uma simples figura linguística. Por isso eu quero te convidar a responder algumas perguntas comigo.

1. Porque você quer namorar ?
2. Vocês já se conhecem a bastante tempo ?
3. Esse Namoro visa o casamento ?
4. Você está preparado Espiritualmente ?
5. Como tem sido sua relação com Deus até aqui ?
6. Você tem uma base financeira, propriamente sua ? (EX: Um emprego)
7.  O(a) garoto(a) e Cristão também ?
8. Ele(a) tem uma vida espiritual saudável com Deus ?
9. Ele(a) te aproxima ou te distancia dos caminhos de Deus ?
10. Seria um namoro abençoado pelos pais e pastores ?

               Vou ficar nestas perguntas, agora eu vou responder o porque de cada pergunta dessa, ou de quase todas. Primeiro, namoro tem o intuito de visar o casamento, é nada mais do que a preparação para o tal, quando eu falo de preparação é em média um ano, dois ou três. Por isso a segunda pergunta, namorar com um certo tempo de conhecimento, amizade, companheirismo. Você poderia me dizer agora que namorar é justamente para conhecer a pessoa, e por isso quero que pense comigo, "conhecer" biblicamente falando, significa consumar o ato sexual. Não se assuste ao ler isso, vamos para as escrituras.  Gênesis 16:3,4 "3Assim Sarai, mulher de Abrão, tomou a Agar a egípcia, sua serva, e a deu por mulher a Abrão seu marido, depois de Abrão ter habitado dez anos na terra de Canaã. 4E ele conheceu a Agar, e ela concebeu; e vendo ela que concebera, foi sua senhora desprezada aos seus olhos." Vendo em outras traduções a palavra conhecer tem sido trocada por "relações sexuais", com este fato eu quero afirmar que o namoro é realmente a preparação para o noivado e em seguida o casamento. Logo só namoramos alguém a quem já conhecemos, no caso, temos um convivência, um conhecimento "prévio" de quem é aquela pessoa, porque dando o passo do namoro sabemos que esta pessoa tem grande chance de ficar ao seu lado para o resto da vida, obvio que é isso que se espera. E  com isso partimos para a terceira pergunta, claramente eu já expliquei a cima porque o namoro deve visar o casamento, e se  esse possível relacionamento não lhe permiti pensar nisso, pense se realmente vale a pena, caso contrário, pule fora. Já encaixando com a quarta pergunta, caso o namoro não vise o casamento e você afirma que está preparado espiritualmente, vai encarar tudo que foi falado até agora em plena paz consigo mesmo, e entender quando eu digo "pular fora". Se você respondeu para si mesmo que sua relação com Deus está firme, estável, e que sua comunhão com ele não tem sido balançada por qualquer vento de emoção e etc, sim, você está quase preparado para assumir um relacionamento, pois é aí que entra a sexta pergunta, Se o namoro é preparação para o casamento, logo você tem que ter uma base propriamente sua, para sustentar a sua possível "nova" fase de vida. Onde você estará se preparando para constituir sua família. Agora enfim entramos na questão do julgo, se você afirma que seu(a)  pretendente é Cristão(ã), logo ele(a) vai entender a forma que a situação deve ser encaminhada, e muito mais, ele terá que ter uma vida espiritual assim como a sua, ou melhor, para que um sempre edifique o outro em tudo quanto fizerem, com isso eu respondo a oitava e a nona pergunta. Por fim, eu perguntei sobre a questão de aceitação dos pais e pastores. E porque será ? Acredito, "Opinião minha", que quem ver toda e qualquer situação de fora, sem se envolver sentimentalmente, sendo totalmente imparcial, tem mais chances de ver as coisas como elas realmente são. Vou dar um exemplo que me foi passado um dia, imagine-se no quinto andar de um estacionamento, lá no térreo tem uma pessoa tentando estacionar o carro dela, a visão de dentro do carro para ela é mais curta, restrita. Já você que está muito acima, consegue ter uma visão bem mais ampla de toda situação e logo você tem uma noção do que aquela pessoa deve fazer para conseguir estacionar bem, provavelmente você é capaz de ver coisas que ela talvez não possa, devido o seu angulo, pelo fato de estar FORA do carro. E o que quero dizer com essa historia ? Que seu Pastor, seus pais, tem a visão daquele homem que estava no quinto andar, e você é a pessoa que estava dentro do carro, sua visão sobre o outro, sobre o possível relacionamento é totalmente restrita. Já a do seus pais e dos seus Pastores não, e por isso é ótimo que eles tenham parte nessa fase que você pretende iniciar na sua vida. 


               Quero dizer da forma mais resumida possível, relacionamentos são para homens e mulheres de Deus que estão preparados, espiritualmente, fisicamente, financeiramente. É preciso estar bem com si próprio e com Deus, para então poder se preparar para dividir todos os dias da sua vida com outra pessoa, com uma única pessoa que assim seja, É preciso maturidade, namoro segue ao noivado e seguida ao casamento, será que você está preparado(a) para cortar os laços paternais e construir os seus próprios ? Por isto reflitam, não entreguem a qualquer um(a) o que Deus te deu de mais valioso. Não se esvazie de sua santidade, de tudo aquilo que Deus tem preparado para você, pelo contrário, corra em busca de alguém que juntamente a você vai almejar também estas mesmas coisas. E lembre-se sempre, Deus tem que ser posto sempre a frente, o cavalo é quem conduz a carroça e até onde eu sei eles vão na frente não atrás.

segunda-feira, 23 de maio de 2016

O PRIMEIRO AMOR.

                Essa noite eu tive um sonho, foi curto, não me lembro bem como começou, mas sei bem onde chegou e como terminou. Algumas coisas me chamaram a atenção naquele sonho. Talvez você venha me dizer que é bobagem, que foi apenas um sonho, e talvez sim, talvez tenha sido apenas um sonho. Porem havia algo diferente naquele sonho que me chamou atenção a refletir sobre algumas coisas. Primeiro, “Você mudou, se tornou aquilo que eu mais temia ver em você.” ─ Disse Deus para mim. E você vai me perguntar agora, “Aí tu vai dizer que viu Deus?”, não, eu via o meu Pastor, mais eu entendia que Deus estava falando comigo. Logo em seguida eu o respondia. “Pai, não é todo mundo que fala para eu mudar ? Amadurecer ? Crescer ? Eu estou fazendo isso. ─ e ele me respondeu “Mas filha, você mudou comigo. Não conversa mais comigo, não fala comigo como antes, não me trata da mesma forma. Nem me conta mais as suas coisas.” ─ Essas são as únicas coisas que eu me lembro com bastante clareza deste sonho, depois eu acordei. Agora você me pergunta “Aonde você quer chegar com isso ?” eu vou te responder.

                 Quando nós aceitamos a Jesus e conhecemos ele tudo é perfeito, você quer falar dele em todos os lugares, onde quer que você esteja. Você canta louvores e ouve o tempo inteiro, pensa que todos tem que conhecer esse Deus, você quer ler a bíblia inteira, se possível em 1 dia apenas. Quer saber sempre mais sobre esse “Jesus”, e não para por aí. Você ora toda hora, não para. Na escola, na faculdade, no cursinho, no banho, no ônibus, no trabalho, dorme e acorda conversando com esse Deus. Afinal ele é o seu paizinho, o seu pai amado, o seu amado. Se passam quase 1 mês e você queima por dentro, deseja ir a igreja todos os dias, deseja estar com aqueles que partilham da mesma fé com você, quer estar com eles o tempo inteiro. O domingo ? Você espera com ansiedade, e no louvor você se emociona, você se alegra, você se sente completo como nunca em sua vida. É algo novo, maravilhoso, algo diferente de tudo que você já sentiu. Você não quer sair dali, conta os dias para os cultos jovens, os encontros, ah, você quer servir na igreja, pergunta se precisam de ajuda, se pudesse dormiria naquele lugar, que para você é o melhor de todos. Você fala tanto desse Deus até as pessoas se cansarem e reclamarem com você, até elas te chamarem de lunático, maluco, religioso. Porem você nem se importa com isso. Apenas quer viver aquilo, quer deixar que aquele fogo que queima dentro de você saia pelos poros, é algo inexplicável. E então se passam 2 meses, 3 meses, e no 4º mês você já nem ouve tantos louvores como antes, nem ler mais a bíblia em todo e em qualquer lugar, após o 5º mês você já esquece até de Orar e de ler a palavra, no 6º mês você já faltou o culto de domingos umas 5 vezes. Lembra daquele fogo ? Ele começa a virar brasas, não apagadas, mais que começam a te aquecer bem menos com aquele amor. Na verdade nem sempre acontece assim, talvez você tenha pedido algo a Deus que você tanto queria e ele não te deu, e por isso você deixou que aquele fogo inteiro apagasse. Ou você não foi reconhecido na sua igreja como você achou que merecia. Pode ser também que tenha ocorrido algum desentendimento na sua igreja que te envolveu e não te agradou e por isso decidiu se afastar. Quem sabe você pensou com o cérebro e calou o seu coração que te dizia “Igreja ? Deus ? Servir ? Que nada, você é muito jovem para isso. Espera ficar um pouco mais velho.”, pode ser que não tenham sido nada dessas coisas, mas existem tantos outros motivos que nos fazem deixar aquele fogo apagar. Se passaram 1 ano, e no seu primeiro mês os Anciãos da sua igreja falavam de tal “PRIMEIRO AMOR” e você nunca imaginou o que isso poderia ser, mais neste 1 ano que se passou, com tantas frustrações, você tenha se afastado deste tão falado primeiro amor, e as pessoas começam a cobrar mais de você, Deus deseja mais de você. Porem o que acontece é que aquelas brasas que um dia foram fogo, estão tão fracas, já se podem ver até fumaças de tanto banho frio que foi jogado em você. Então você começa a fraquejar, e agora são 1 mês sem nem se quer ir na igreja, as pessoas que você adorava estar com elas por partilhar da mesma fé que você te procuram, você se esconde delas. As vezes sente vergonha, em saber que elas ainda queimam, e você não mais. Agora já se passaram quase 1 ano e meio, você vai e não vai, as vezes some, e volta como se nada tivesse acontecido. Mas aquela brasa, mesmo fraca ela nunca apaga, e é o que te faz ter sempre vontade de voltar de novo. Você cai, levanta, tropeça e cai mais uma vez, e não desiste, continua se arrastando. E enfim quando completam 2 anos, você começa a lembrar de como era no começo, o quanto você se sentia completo, o quão era magnifico caminhar com aquela fé inabalável, ou quase não é mesmo ? Enfim.

                Aqui estou eu hoje, eu passei por boa parte de tudo isso que contei agora, e foi por isso que aquele sonho me chamou atenção. Eu deixei que aquele fogo tão apaixonante se apagasse, talvez eu hoje esteja em meras brasas. Porem com este sonho eu sinto que Deus me chamou, e chama você também, a queimar de novo, a olhar para ele, para o seu amado e dizer “Eu quero de volta meu primeiro amor pai, naquela porção bem dobrada que só o Senhor é capaz de dar.” , talvez você precise mudar sim, com as pessoas, situações e fases da vida. Porem com Deus você deve permanecer sendo quem você sempre foi, filho, servo. No caso, permanecer como a NOIVA de Jesus. Mesmo que você tenha que crescer para sobreviver ao mundo lá fora, Deus ainda te quer como aquela criança do primeiro amor, que contava tudo a ele, que queria estar com ele o tempo inteiro, que ardia de amores. Hoje Deus ele te convida para voltar ao seu Primeiro amor, ele fez esta proposta a mim. E como eu disse, foi apenas um sonho, porem este sonho me fez olhar para o alto, para meu alvo, o qual eu jamais tenho que me desviar que é Cristo. Você pode pensar que é difícil voltar a ser o que era, pode pensar que não vai conseguir, e com toda certeza, sozinho você não vai. Mas Deus ele está conosco e ele nos dá a livre sensação de que com ele nós somos capazes. Não há nada melhor do que a presença de Deus lembra ? Não existe nada melhor do que agradar a ele, honra-lo e louva-lo como ele merece. E que eu e você, hoje, possamos ser novamente como crianças, totalmente dependentes do amor de Deus.


sexta-feira, 22 de abril de 2016

PARA QUEM TEM SIDO TODA GLÓRIA ?

"Teus, ó Senhor, são a grandeza, o poder, a glória, a majestade e o esplendor, pois tudo o que há nos céus e na terra é teu. Teu, ó Senhor, é o reino; tu estás acima de tudo."
1 Crônicas 29:11
OU ...
"Meus, ó Senhor, são a grandeza, o poder, a glória, a majestade e o esplendor, pois tudo o que há nos céus e na terra é meu. Meu, ó Senhor, é o reino; eu estou acima de tudo."
1 Crônicas 29:11
 COMO VOCÊ E EU TEMOS FEITO ?

Acredito que eu e você temos a fé em um Deus soberano, que cumpri toda a sua vontade e seus planos sobre nossas vidas. Cremos em um Deus que jamais tem seus planos frustrados. (Jó 42:2),  O irmão Paulo fala "Assim, quer vocês comam, quer bebam, quer façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus." (1 Coríntios 10:31) Eu tenho plena certeza de que o apóstolo Paulo foi bem claro quando ele disse "para glória de Deus".
Eu e você todos os dias fazemos vários tipos de coisas, das que agradam até as que não agradam a Deus, sabendo pois que tudo que façamos deve ser para glorificar a ele. Na verdade nos preocupamos na maioria das vezes com tudo e todos ao nosso redor, menos com ele. Tentamos ser tão bons para nosso Pastor, tentamos nos encaixar nos padrões dos nossos irmãos, tentamos ser tudo e fechamos os olhos para aquilo que devemos realmente ser, deixamos para depois "ser" aquilo que realmente importa para Deus. Eu não quero dizer que não devemos ser exemplos para nosso Pastor, líderes e etc. Isso é parte de nós, deve ser algo natural daquele que nasceu de novo. Damos a glória a nós mesmos, amigos, namorados/maridos, a todos, exceto a Deus. 
Temos dado nada a quem deu tudo de si por nós, ou talvez não. Talvez eu você possamos hoje entregar a glória por inteira a quem ela realmente pertence, Deus. Isso é muito mais que uma escolha, é apenas consequência daqueles que amam ao pai, isso é apenas resultado daqueles que nasceram do espírito. E eu você estamos aqui para isso, para glorificar a quem nos ama e quem nos amou sempre. O que Deus nos prometeu antes mesmo de nascermos ele é fiel e justo para nos dar, e ainda que ele não nos desse nada além do que já temos ele continuaria sendo perfeito e o único digno de toda glória. Por isso não existem justificativas para nosso direcionamento errado da glória, se é que posso dizer assim. Ainda que Deus nos desse apenas o essencial, não seria "apenas" seria tudo. Porque a promessa maior feita a nós ele já cumpriu, que foi entregar o seu único filho para morrer por mim e por você, também por ter nos amado. E isto é o essencial e o que hoje eu e você já temos de Deus. Então vamos repensar e devolver e de hoje em diante dar a glória aquele que é único e digno de receber. 

quarta-feira, 9 de março de 2016

FILME: QUARTO DE GUERRA




 SINOPSE: Elizabeth e Tony formam um casal em crise de relacionamento. A filha pequena percebe que ambos estão à beira do divórcio, mas eles não conseguem chegar a um acordo. Um dia, Elizabeth conhece uma mulher idosa que lhe apresenta o poder da oração, e a partir deste momento, a jovem mãe decide depositar a sua fé nas preces divinas.


GÊNERO: Drama, Religioso.
ANO DO LANÇAMENTO: 2015.


MINHA OPINIÃO: Bem, é um filme muito bem retratado, impactante, relata de fato uma guerra diária para nós que somos cristãos. De início eu não achei que seria tão bom, mas confesso que me impressionei, o filme é emocionante. Ele é muito bom para ser passado em encontro de casais, recomendo para casais assistirem, quem está prestes a casar e quem também tem planos para isso, e para os casados é magnifico. Eu sou recém casada e o filme me fez refletir bastante referente a alguns assuntos.

terça-feira, 8 de março de 2016

A vontade de Deus

"Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus."
- Romanos 12:2


             É bastante comum as pessoas sitarem este versículo em algum momento ou situação da nossa vida, é também um tema muito óbvio, você pode estar pensando nisto agora. Este versículo vem ecoando em minha mente de forma constante, com grande intensidade. Eu queria muito entender porque, talvez eu não precise, mas eu quero. E então eu começo a refletir o que seria a vontade de Deus, quero dizer em geral, tanto para sua quanto para minha vida, em que lugar ela tem se encaixado, com quanta atenção eu tenho a tratado, quanto valor eu tenho dado. A verdade é que achamos o assunto tão óbvio que nem se quer pensamos nele, não digo nunca pensamos, mas eu digo que sim, não pensamos nele. Achamos ele tão natural, como se ele simplesmente acontecesse. Essa deveria ser realmente a forma natural das coisas, a vontade de Deus realmente deveria ser algo natural em nossas vidas. Ela deveria ser naturalmente aceita, vivida e contemplada. E será que nós temos feito dessa forma? Talvez não. Por mim, posso quase afirmar que não. Veja bem e me diga se na maioria das vezes não é dessa forma que nós fazemos: 
"Senhor, faz a tua vontade. Mas eu quero muito ir aquela festa faz com que meus pais deixem eu ir ". 
            Agora veja bem, nós iniciamos com "Senhor faz a tua vontade", mas logo em seguida afirmamos qual a nossa. Além de afirmar pedimos a Deus que a torne real. Não acabamos de falar que a vontade de Deus deveria ser algo natural em nossas vidas ? logo se fosse, nós não continuaríamos a nossa conversa com ele impondo a nossa vontade, Afinal, estaríamos completamente satisfeitos com a vontade do pai, sendo ela qual fosse, pois é certo que a palavra nos afirma que a vontade de Deus é "boa, agradável e perfeita." (Romanos 12:2)
            A palavra de Deus é bem clara quando se trata do coração do homem, "Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?" (Jeremias 17:9), e não para por aí, ele continua "Eu sou o Senhor que sonda o coração e examina a mente, para recompensar a cada um de acordo com a sua conduta, de acordo com as suas obras." (Jeremias 17:10) Então vejamos bem, se o Senhor diz que ele sonda nosso coração e examina nossa mente para nos recompensar de acordo com nossa conduta e também nossas obras, logo vemos que independente do que pedimos, da forma como pedimos, a vontade de Deus sempre será feita. Ainda que não a tratemos como algo primordial em nossas vidas, ela sempre será feita. Pois sabemos que Deus conhece nosso coração e sua podridão. Mas ainda assim ele nos promete um coração novo. "Darei a vocês um coração novo e porei um Espírito dentro deles; retirarei deles o coração de pedra e, em troca darei o coração de carne."(Ezequiel 36:26) Por este fato estaremos plenamente satisfeitos com a sua vontade, pois em nosso novo coração habita seu espírito, e ele nos conduzirá a satisfação da vontade de Deus sendo realizada diariamente em nossas vidas. E por fim venho dizer que é verdade que as escrituras também nos chama a guardar o nosso coração, afirmando que dele dependemos por toda nossa vida. "Acima de tudo, guarde o seu coração, pois dele depende toda a sua vida." (Provérbios 4:23) Pois bem, isso é algo a se pensar sobre a vontade de Deus, e que debaixo dela nós possamos estar todos os dias.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Sexualidade: Problemas e Soluções

"Os alimentos foram feitos para o estômago e o estômago para os alimentos", mas Deus destruirá ambos. O corpo, porém, não é para a imoralidade, mas para o Senhor, e o Senhor para o corpo. Por seu poder, Deus ressuscitou o Senhor e também nos ressuscitará. Vocês não sabem que os seus corpos são membros de Cristo? Tomarei eu os membros de Cristo e os unirei a uma prostituta? De maneira nenhuma! Vocês não sabem que aquele que se une a uma prostituta é um corpo com ela? Pois como está escrito: "Os dois serão uma só carne". Mas aquele que se une ao Senhor é um espírito com ele. Fujam da imoralidade sexual. Todos os outros pecados que alguém comete, fora do corpo os comete; mas quem peca sexualmente, peca contra o seu próprio corpo. Acaso não sabem que o corpo de vocês é santuário do Espírito Santo que habita em vocês, que lhes foi dado por Deus, e que vocês não são de vocês mesmos? Vocês foram comprados por alto preço. Portanto, glorifiquem a Deus com o seu próprio corpo.

- 1Co 6:13-20


        Pois bem, hoje começamos nossa jornada por meio destes versículos, que são ricos e bem claros quanto ao tema que vamos abordar. Este problema hoje em dia tem afetado grande parte dos jovens das nossas igrejas, e em algum tempo iniciei a leitura de um livro "Aprenda a viver bem com Deus e com seus impulsos sexuais." (Vou fazer outro post indicando o livro e falando um pouco mais sobre o mesmo.) E neste livro me deparei com várias situações as quais são comuns entre nós jovens, adolescentes e pré adolescentes Cristãos. Vamos por parte ?

1- Como Tudo começa
Existem várias formas de enraizarmos este pecado em nossa vida, talvez a sua forma seja diferente da minha, do seu amigo, do seu pai que também passou um dia por isso em sua juventude.

"Tudo começou quando aquele garoto foi pedir aos pais para namorar comigo, dali em diante vieram os beijos, e eles foram esquentando outras coisas, aqueles beijos movimentaram nossos pensamentos a principio, depois foram as mãos, não conseguíamos mais parar."
-
"A minha namorada, muito certinha. Mas aquela garota lá, nossa, aquela garota da minha escola(Curso/Universidade), me dando mole, foi no banheiro masculino o dia em que ela partiu para cima de mim, eu não consegui me segurar e aconteceu todo tipo de coisas imagináveis."
-
"Meu pai não é Cristão sabe ? e tudo começou no dia em que ele saiu para trabalhar e eu usei o seu computador, fui olhar o seu histórico. Tinham vários sites pornográficos de fotos e vídeos, depois daquele dia eu não conseguia mais parar."

Existem esses e vários outros exemplos escondido no meio dos nossos Jovens, em nosso meio todo os dias. O nosso Caráter que deveria ser moldado por Cristo, tem sido moldado pelos padrões que o mundo diz ser certo. "Você é menino e ainda é virgem?" ou "De todas as meninas do grupo você é a única virgem" ou "Ainda não namora ? Vai ficar para titia ein." São essas e muitas outras coisas que somos obrigados a ouvir hoje em dia.

2- As consequências
Logo após nossos atos serem consumados, nossos desejos são satisfeitos e nos sentimos sujos. Logo volta o desejo e nós novamente o satisfazemos e ficamos neste ciclo pecaminoso, começamos simplesmente a alimentar a imoralidade que agora se enraizou em nós. Em alguns casos estes jovens se afastam de Deus, saem da igreja e continuam com suas práticas. Por sua vez, outros permanecem dentro da igreja, calados, sufocados, sofrendo com situação e com suas práticas sem saber como para-las. Este tipo de jovens estão nossos ministérios, em nossos bancos, são nossos colegas as vezes. O grande problema é que boa parte destes jovens tem um certo medo de se abrirem com os Pastores, líderes de sua congregação e até com seus pais e amigos íntimos e de confiança.

3- As Soluções
O primordial é reconhecermos o nosso problema, seja lá como ele tenha começado, logo temos que nos arrepender e em seguida confessar a nosso Pastor, líder, aos nossos pais. Deixando pois as coisas do mundo e focando nas coisas que vem de Deus para nossas vidas, como diz em 1Jo2:17 "E o mundo passa, com tudo aquilo que as pessoas cobiçam; porém aquele que faz a vontade de Deus vive para sempre." Repetindo para nós mesmos todos os dias "Aquele que faz a vontade de Deus vive para sempre". Deixando de para trás, arrancando de nossas vidas, tudo e qualquer coisa que venha nos afastar do que seria a vontade de Deus para nossas vidas. E por fim confiarmos no que nos foi escrito em 1Jo1:9 "Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça."

Por hoje é só meninos e meninas, fiquem com Deus e até a próxima. 

sábado, 30 de janeiro de 2016

Existe mesmo essa tal de "Pessoa Certa" ?

E aí Pessoas Beleza ?

                  Eu já fiz esta pergunta a mim mesma por tantas vezes. Será que existe ? Bem, hoje eu posso afirmar que não. Calma, "cada cabeça é um mundo" já ouviu essa frase ? pois bem, cada cabeça pode sim ser um mundo, mas acredito que a fé que compartilhamos uns com os ostro é a mesma. O mesmo Deus, o mesmo Senhor, foi o mesmo Jesus que morreu por mim e por você. 
                 Vamos lá, eu sempre achei que Deus mandaria o homem genial, perfeito, a metade da minha laranja, o varão cheio da unção (risos). Mais não foi assim não, eu fui uma jovem que não cresci na igreja, logo vocês já sabem que eu cresci mundão a fora, lei da sobrevivência sabe? "Quem não tem cão caça com gato", acho que é dessa forma que esta frase se encaixa melhor na minha vida. Minha vida foi assim, eu vivia igual o música do zeca pagodinho "Deixa a vida me levar, vida leva eu". E não foi tão bom, não vou mentir e ser hipócrita e dizer que eu não gostei, para Deus aquilo não o agradava, mas agradava demais a mim, e como agradava viu ? Meus pais eram aqueles típicos pais do tempo antigo, vai lá que nem era tanto, porém de todos os outros pais e mães os meus eram um dos mais chatinhos de vez em quando. Eles me prendiam um pouco demais, e quando eu saia fazia a festa, lá vem outra frase "quando os gatos saem os ratos fazem a festa", mais não é que eu fazia mesmo ? E dos meus 13 anos até 16 para 17 eu vivi desta forma. Fiquei sim com vários garotos, e achei que cada um deles seria o pai dos meus filhos, acredita que até nome as crianças já tinham ? nossa, eu já idealizei tantos casamentos, que pelas minhas contas já seria divorciada umas 10 vezes. E não para por aí, eu sempre acreditei que "existe a pessoa certa" e que um dia por algum motivo ela chegaria, e era por este motivo que eu nunca dava certo com nenhum dos meus relacionamentos, hoje eu agradeço demais a Deus, mais naquele tempo era frustrante, uma garota de 14, 15 anos com vários possíveis relacionamentos mal começados e o pior mal terminados. Em cada um deles parte de mim ia embora, a doçura, a pureza, a minha inocência. Agora vamos aonde mais interessa, sem enrolar demais. Eu conheci a Deus, por volta dos meus 16 para 17 anos. No começo não mudou muito, eu só fui até a igreja porque o menino que eu gostava estava lá. Não pretendia ficar lá, nem imaginava em ser crente. Já havia passado por uma experiência e não queria mais. Na minha cabeça eu já tinha Deus na minha vida e isso era o suficiente ele faria tudo por mim e eu não precisaria de igreja. E mais uma vez não foi da forma que eu quis, com o passar do tempo, o garoto parou de ir, eu comecei a gostar daquele lugar, me fazia bem, comecei a conhecer o Deus que eu dizia servir, e que não servia nem um pouco. Eu me apaixonei demais por aquele Deus, eu queria pregar, queria louvar, queria fazer tudo para ele. Eu estava no Primeiro amor, era tudo magnifico, Já não estava lá por causa do garoto, mais por Deus, de verdade eu nasci de novo. O vazio, a carência ainda estavam ali, mais eu sabia que dessa vez Deus mandaria o tão sonhado homem perfeito, varão ungido, homem de Deus. Vou decepciona-los mais uma vez, porque não foi assim. Eu descobri que Deus não nos dá a pessoa perfeita, certa, feita exclusivamente para nós. Somos todos imperfeitos, Romanos  3:26 fala que todos pecamos. E não só isso, casamento é muito mais que uma bênção. é um ministério que Deus nos dá. Deus nos deu livre escolha, ele nos ensina sobre julgo desigual, ele nos fala o que é o casamento, qual o papel do homem e da mulher nele. Mas nunca vi nenhum versículo que Deus falasse sobre alma gêmea. Você e eu que temos que escolher, "Será que aquele menino/menina que não é Cristão(a) pode ser meu esposo(a) já que não existe alma gêmea ?"  Não, ele(a) não seve o mesmo Deus que você, e Deus fala isso quanto a julgo desigual. "Será que eu posso converter aquele(a) garoto(a) ?" Não, porque quem converte é o espírito santo de Deus, a não ser que você seja ele. "Mais ele(a) está vindo a Igreja por causa de mim, que fofinho(a). Não podemos namorar ?" Ele(a) tem que ir a igreja por Deus, claro que existem exceções, eu fui e fiquei, Deus me mudou. Mas nem sempre é assim. "Mais e então o que eu faço ?" Conserva o teu coração, faz a obra para teu Deus, vive cada momento proporcionado por ele, e quando você menos esperar vai chegar alguém. Imperfeito, cheio de defeitos, pecador. Mais que compartilha da mesma fé que você, que ama a Deus acima de você de tudo e todos. Essas são uma das características da pessoa que você pode escolher para partilhar da sua vida até que Jesus volte. Não perca seu coração por mulheres ou homens que nem se quer sabem o valor que ele tem. Deus ele quer te ver com algo realmente melhor, ele só quer o melhor para todos nós.  

Por hoje é só meninos e meninas, fiquem com Deus até a próxima !